Qual espanhol aprender?

Compartilhe
Tempo de Leitura: 4 minutos
qual espanhol aprender

Índice de conteúdos

Qual espanhol aprender?” ou então “devo aprender espanhol europeu ou espanhol latino-americano?

Estas são, provavelmente, as primeiras das dúvidas que surgem quando alguém decide começar a estudar espanhol como língua estrangeira.

Essa dúvida não é infundada. Existem, atualmente, mais de 40 países que utilizam o espanhol ao redor do mundo todo.

Qual é, então, o sotaque ou dialeto espanhol mais recomendado para se aprender?

A partir desta questão, este artigo irá explorar alguns dados práticos e outros mais abstratos a fim de escolher o melhor caminho para que você consiga a melhor resposta para os seus estudos!

 

Os diferentes tipos de espanhol: qual espanhol aprender?

 

Para decidir qual espanhol aprender, é importante considerar todos os diferentes tipos de espanhol falados no mundo e quais são os fatores que os tornam diferentes.

 

➔ É importante lembrar, antes de mais nada, que todas as diferentes “versões” da língua espanhola são mutualmente inteligíveis. Isso significa que, não importa qual espanhol você decida aprender, será possível compreender e se fazer compreender por falantes ao redor do mundo.

 

Basicamente, tem-se duas “divisões” principais da língua espanhola – espanhol europeu ou espanhol latino-americano.

 

  • Espanhol europeu – divisão que engloba, por exemplo, os dialetos Castelhano, Andaluz e Canário;

 

  • Espanhol latino-americano – divisão que engloba, por exemplo, os dialetos do México, da Argentina e do Caribe.

 

Passaremos, agora, para as principais variações entre os diferentes tipos de espanhol!

 

qual espanhol aprender

 

Quais são as diferenças entre os tipos de espanhol?

 

Como você já deve saber, todos os idiomas soam diferente dependendo da região do mundo em que você está – e o espanhol não é exceção.

Além do sotaque que diverge em diferentes dialetos do espanhol ao redor do mundo, outros aspectos também variam. Entre eles, podemos citar:

 

  • Vocabulário – algumas palavras são usadas em alguns países e não em outros. Além disso, o significado de um termo específico pode variar a depender da região;

 

  • Gramática – algumas normas gramaticais do espanhol se estabelecem de forma variada em diferentes regiões;

 

  • Pronúncia – alguns fonemas, representados, por exemplo, pelas letras “c”, “y”, “j”, “s” e “ll” podem variar dependendo da região falante;

 

  • Gírias e expressões populares – de acordo com a região onde o espanhol é falado e o dialeto empregado, as gírias e expressões também irão variar.

 

Existe um espanhol “neutro”?

 

À vista das variações entre os diferentes dialetos do espanhol que vimos acima, muitas pessoas costumam questionar: qual é o espanhol mais “neutro” para se aprender? O espanhol europeu ou o espanhol latino-americano?

Esta pergunta, entretanto, não pode ser respondida de forma objetiva.

Não existe, entre os dialetos do espanhol, algum que seja o formato “padrão” da língua. Aquele espanhol que soa mais “neutro” para uma pessoa – que cresceu acostumada com a língua de determinada região – pode ser diferente daquele considerado “neutro” por outra pessoa.

Assim, não se pode falar em “espanhol neutro” na hora de decidir qual espanhol aprender. A língua espanhola é uma só, composta por todas as divergências existentes ao redor do planeta.

 

Enfim: qual espanhol aprender? (fatores para a decisão)

 

Qual espanhol aprender, afinal?

A esta altura, você já deve ter percebido que, embora muitas sejam as diferenças entre os dialetos do espanhol, não existe nenhum fator decisivo que aponte para qual a versão do idioma mais recomendada a estudantes.

Isso é verdade pois, independentemente da “versão” da língua que você decidir aprender – espanhol europeu ou latino-americano – será possível se comunicar em espanhol ao redor do mundo!

Assim, para chegar à melhor resposta desta questão, deve-se olhar para fatores internos em vez de fatores externos. Isso quer dizer que o melhor espanhol para se aprender depende daquilo que você, como indivíduo, está buscando do idioma.

Veja, então, quais fatores você deve particularmente examinar na hora de fazer esta decisão:

 

  • Se você necessita do idioma para uma viagem ou mudança, busque entender qual dialeto do espanhol se fala na região e opte por este.

 

  • Reflita sobre o que fez com que você se interessasse pelo idioma em primeiro lugar. Se é a cultura, entenda qual região específica tem mais a ver com seus interesses culturais e estude seu dialeto.

 

  • Se você precisa aprender o idioma para o seu trabalho, reflita: qual espanhol será mais útil para você neste contexto? Seus clientes ou parceiros são falantes de qual dialeto?

 

  • E se nenhuma destes parâmetros se aplica à razão de você ter decidido estudar a língua, pense em termos práticos. Que países que falam espanhol são mais próximos de você? Quais regiões oferecem maiores probabilidades de viagens e/ou oportunidades de interlocução?

 

Estude espanhol – independentemente do dialeto!

 

Como já apontamos, a língua espanhola é uma só unidade que engloba diversas variações. Assim, não importa se você está focando no espanhol europeu ou latino-americano – invista seu tempo e dedicação nos estudos!  Lembre-se que o espanhol tem ocupado cada vez mais lugares no mercado e é, hoje, notavelmente, um dos idiomas mais estudados no mundo por essa e diversas outras razões.

Por fim, se você deseja aprender espanhol de uma vez por todas, conheça nosso curso de espanhol online e obtenha uma solução real e personalizada para atingir a fluência!

Perguntas sobre Qual espanhol aprender?

CEO & Founder da Essential. Me siga no Instagram para conteúdo diário de inglês!

Marco Castello

CEO & Founder da Essential. Me siga no Instagram para conteúdo diário de inglês!
Explore mais conteúdos como este!

Acesse o blog da Essential e amplie seus conhecimentos de inglês e espanhol.

blog essential
blog essential
blog essential
Veja também
Dicas de Inglês

Hear ou listen – como saber quando usar cada uma dessas palavras?

Dicas de Inglês

Como falar tudo bem em inglês? Em qualquer início conversa, seja formal

Dicas de Inglês

Você sabe quais são todos os benefícios que investir em um curso