15 Dicas para dar aulas online mais produtivas

Compartilhe
Tempo de Leitura: 4 minutos
dicas aulas sincronas

Índice de conteúdos

15 Dicas para dar aulas online mais produtivas

Embora muitas escolas e professores já estejam familiarizados com o ensino online, ainda há algumas coisas que devem ser sempre levadas em consideração quando se trata de implementá-lo de modo eficiente e responsivo.

Este artigo reúne uma pequena lista com dicas que ajudarão você, professor(a), a se certificar de que está cumprindo com todas as etapas necessárias para dar aulas online síncronas ou assíncronas mais produtivas.

 

Tecnologia

 

A tecnologia traz diversas oportunidades para a área da educação, mas, com elas, sempre virão interferências ou inconveniências. Então, esteja preparado(a) para lidar com essas possibilidades. Veja como você pode tornar o ambiente online o seu aliado no ensino:

 

  •  Verifique todas as suas conexões wi-fi, microfone e webcam previamente para evitar perturbações funcionais no meio da sua explicação;

 

  •  Dedique  um tempo para testar e se familiarizar com a ferramenta que você usará para suas aulas. Você ainda pode praticar uma aula teste com alguém antes de começar suas aulas online. Desta forma, você pode obter um feedback sobre coisas como qualidade sonora, facilidade de compreensão, iluminação, etc.;

 

  •  Leve em consideração quaisquer ferramentas de ensino que você possa vir a utilizar e conheça-as com antecedência. Isso inclui funcionalidades como compartilhar sua tela, gravar aulas ao vivo, compartilhar vídeos ou apresentações de Power Point, criar grupos online para atividades, etc.;

 

  • Planeje com antecedência. Faça testes antes da sua aula e pense em maneiras de resolver quaisquer problemas funcionais antes que eles aconteçam. Pense em qualquer coisa que possa vir a dar errado e tenha um plano reserva.

 

 

 Ambiente

 

Um ambiente adequado para  dar aulas online síncronas mais produtivas é aquele que garante não apenas seu conforto, mas funcionalidade. Seu espaço de ensino deve deixar à sua disposição tudo o que você precisa ou pode vir a precisar durante as aulas. Além disso, ele deve ser um ambiente dedicado a este propósito. Dessa forma, ele pode ser utilizado sempre que necessário.

 

Então:

 

  • Escolha um local bem iluminado;

 

  • Considere o que está por trás de você onde você está ensinando – minimize as distrações e maximize seus recursos de ensino;

 

  • Garanta que ele tem uma boa acústica. Escolha uma área para ensinar onde não haja distrações e onde os alunos possam ouvi-lo claramente.

 

 

Comunicação e Engajamento

 

A comunicação é um fator crucial para conduzir um curso de forma totalmente online. Através dela, você pode aumentar o envolvimento dos alunos e a esclarecer instruções. Então, garanta que os pontos a seguir sejam levados em consideração ao dar aulas síncronas online:

 

  • As aulas on-line não fluem bem apenas com palestras passivas. O ideal é incluir vários tipos de conteúdo de apoio audiovisual, como, por exemplo, vídeos, trechos de documentários, áudios e outros recursos.

 

  • A interação entre professor e alunos em uma aula virtual é um aspecto essencial para garantir resultados. Então, peça aos estudantes para enviar perguntas ou comentários se você estiver transmitindo ao vivo.

 

  • Tenha um plano de como você irá administrar o fluxo de perguntas e discussões. Se for uma aula particular, é possível responder perguntas conforme elas vão surgindo, mas, se você estiver trabalhando com um grupo, isso não funciona tão bem. Assim, para resolver isso, você pode definir horários específicos para responder a perguntas durante a aula.

 

  • Algumas plataformas como o Google Meet permitem que os usuários levantem a mão quando desejarem fazer uma pergunta, o que é uma grande ajuda para a organização das discussões.

 

  • Não use apenas um canal de comunicação para compartilhar recados e informações importantes sobre o curso para seus alunos. Em vez disso, inclua pelo menos 2 plataformas que você usará como forma de comunicação – de preferência, o e-mail dos estudantes e o portal da escola. Isto reduzirá o número de estudantes que dizem não ter recebido a sua mensagem.

 

 

Tarefas e Avaliações

 

Uma das vantagens de se dar aulas online é que se torna possível ser mais criativo com tarefas, trabalhos e métodos de avaliação.

 

 

Confira algumas dicas a implementar em seu curso:

 

  • Uma vez que os estudantes terão acesso a programas e ferramentas gratuitas disponíveis online, você pode propor atividades diferentes, como, por exemplo, criação de mapas mentais, vídeos, podcasts, etc.;

 

  • Ofereça opções! Com o acesso à internet, você pode dar aos estudantes mais opções do que nunca ao propor atividades. Planeje tarefas em aberto e deixe-os decidir como o grupo deseja realizá-la – vídeos, apresentações de Power Point, gravações, blogs, peças visuais, etc.;

 

  • Não desista de organizar apresentações e seminários por parte dos alunos só porque você está oferecendo um curso online. A opção de compartilhamento de tela, disponível em todas as plataformas de encontro online, torna possível que os alunos assumam a aula com uma atividade de apresentação. Além de ser um ótimo método de avaliação, isso ainda pode tornar a aula mais dinâmica e interativa.

 


 

Por fim, se você gostou destas dicas, não deixe de conferir os outros artigos para professores em nosso blog!

 

Perguntas sobre 15 Dicas para dar aulas online mais produtivas

CEO & Founder da Essential. Me siga no Instagram para conteúdo diário de inglês!

Marco Castello

CEO & Founder da Essential. Me siga no Instagram para conteúdo diário de inglês!
Explore mais conteúdos como este!

Acesse o blog da Essential e amplie seus conhecimentos de inglês e espanhol.

blog essential
blog essential
blog essential
Veja também
Dicas de Inglês

Uma das etapas mais desafiadoras na aquisição de um novo idioma é,

Essential Idiomas

Veja nosso glossário de inglês profissional gratuito! Dominar a língua inglesa hoje

Dicas de Inglês

Como dizer sim, não e talvez em inglês? “Sim”, “não” e “talvez”